P: Qual o propósito de acumular energia e até quando é preciso acumular energia?

R: Algumas coisas exigem muita energia para poderem ser contempladas. Algumas crenças, alguns conceitos, algumas sensações que quanto mais sutis, mais desapercebidas passam quando nossa atenção está focada em um fluxo de acontecimentos mais denso.
Elas requerem uma atenção forte,
capaz de manter uma intensa alertidão,
uma chama que não se apaga e cada vez menos
se abala com os sussuros da mente,
ao contrário da atenção enfraquecida que se torna incapaz de impedir de se deixar arrastar pra lá e pra cá
(Motivo pelo qual os toltecas recomendam economizar a energia sexual e recapitular os encontros sexuais, entre todas as práticas como as mais efetivamente rápidas em economizar energia
e impedir que ela se gaste rapidamente novamente)
É através do uso da atenção concentrada que a ilha do tonal vai sendo reorganizada,
mas é somente num estado de alto grau de agudez contemplativa e/ou de profundo relaxamento, que o despertar que dá início ao processo de perda da forma humana ocorre.
A energia excedente proporciona uma capacidade aguçada de contemplação.
Essa é a única condição necessária.
Essa atenção apta pode ser guiada por um verdadeiro mestre pra que o reconhecimento que engendra o deslocamento do ponto de encaixe ocorra,
ou mesmo naturalmente ser tocada pela simples presença de um guerreiro, guerreira, sem forma.
Ou por si só o guerreiro pode, sem necessidade de ajudas externas, e se quiser resultados rápidos, usar conscientemente essa energia abundante e seu intento para atacar o problema da forma humana diretamente,
no instante presente do seu próprio ser,
e conseguir resultados. Ou ir usando a energia em excesso para lidar com seus nós e crenças e ir liberando mais energia.
Ou ainda não fazer nada e deixar que a energia abundante por si só desencadeie as situações
que conduzirão em mais ou menos tempo à revelação de sua natureza luminosa.
Todo esforço e sacrifício para economizar energia são válidos
até que a contemplação direta possa revelar a ilusão da forma humana. Os mais intensos terão resultados mais rápidos.
Depois que o processo é desencadeado, a economia de energia continua sendo necessária para validar e confirmar
repetidas vezes este conhecimento silencioso. Depois disso, toda a questão de economia de energia é encarada de uma forma completamente diferente pelo guerreiro.
(Jeremy Christopher)

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *