, , ,

Uma lição de Delia sobre ensonhar: mentiras não importam, desde que quem as diga tenha o poder de dizê-las ensonhando.

"Havia algo quieto ainda que estranhamente perturbador na sua voz quando ela disse que ela tinha notado que sempre que eu tive de falar com a amiga da minha avó, eu parecia ausente como se estivesse adormecida. -Ausente é um eufemismo - disse…
, ,

Verdades do corpo de energia

1 - Devido à força do consenso social, a verdade do ser luminoso é afastada para longe na forma do corpo de energia, puro Intento, o poderoso sósia da esfera de energia. 2 - Nós morremos porque o corpo de energia é afastado para longe…
, ,

Comandando o Intento

Um guerreiro forja uma relação de proximidade com seu próprio corpo de energia. O corpo de energia está aí para que ele o use se puder aprender a se reduzir a nada. Um guerreiro solicita o movimento do ponto de encaixe do seu corpo…
, ,

Minha religião é o universo

"Soneto 7 Nagualismo? Não importa o que isso seja! Minha religião é o universo... Fluxo turbilhonante aonde adeja A força clara e rútila do verso. Chego a pensar que seja um pluriverso Que ruge e ri, se harmoniza e troveja. Está…
, ,

Usando o “eu” como um ponto focal para Intentar

"Alcançar o ponto de Verdadeiro Desprendimento, onde o eu é apenas uma ideia, um pensamento, que pode ser mudado à Vontade, é um verdadeiro Ato de feitiçaria e o mais difícil de todos. É a Revolução Final. Quando isto acontece, videntes…
,

A interpretação do Regulamento pela linhagem de Domingo Delgado

"A águia Aura Negra se compõe de quarenta e oito grandes bandas de emanações. Uma grande banda emana consciências orgânicas. Sete grandes bandas emanam consciências inorgânicas. Quarenta grandes bandas emanam estruturas ou formas, veículos…
,

A vidente Soledad e o antigo Poder Feminino

"- Pense em como a Terra anteriormente começou a ser mal interpretada pelas pessoas, e tratada com desrespeito. Ela foi pura, poderosa, algumas vezes volátil e difícil, durante tempos de mudança, mas sábia, doadora de vida, abundante. Nunca…