“Enquanto pessoas não temos o poder de escolher nossas circunstâncias
mas temos a possibilidade-chave de poder decidir como interpretá-las…
E isso determina a forma como nos sentimos a respeito do que acontece,
que por sua vez, influencia e transforma tanto nossos atos quanto as circunstâncias…
E se todas as nossas células se convencerem disso
seja pela repetição ao longo do tempo,
seja pela intensidade em um só instante,
nossa interpretação se torna a nossa experiência

Como disse o nagual Matus, leva muito tempo até que apliquemos o princípio de deixar que nossos comandos se convertam nos comandos da Águia. De que nosso intento se converta na nossa vontade.

… Mas o meio pra entrar na liberdade total está em testemunhar sem interpretar…”

(Jeremy Christopher)

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *