, ,

Paralelos entre o Budismo e o Nagualismo

– Jana Jolt: O Budismo se expandiu muito mais que o Nagualismo criando vertentes, algumas mais próximas ao Nagualismo outras não. Por exemplo, no Budismo temos o Theravada, Mahayana, Hinayana, Vajrayana. Os primeiros tem um approach bem diferente ao Nagualismo, mas já no Vajrayana começamos a encontrar paralelos mais essenciais. No Budismo Tibetano onde ouve uma fusão com o Bon, a tradição Xamânica, os ensinamentos do Vajrayana, Mahamudra e do Dzogchen tem paralelos bem tangíveis com o Nagualismo de algumas linhagens Toltecas, mas não todas.

Sobre o Nirvana, as próprias escolas Budistas tem muitas discussões sobre isso, e não acho que seja o mesmo que a Liberdade Total dos Toltecas.

Cada uma das perguntas acima, teria que ser questionada de acordo a uma linhagem budista especifica e a uma linhagem tolteca especifica. Por exemplo, a linhagem de Don Juan não tem os mesmos propósitos que a Linhagem Maya Tolteca ou a Linhagem Mexica Tolteca. Mas todas elas usam praticas semelhantes, mas a “via” ou “veiculo” e intento variam. A linhagem de Don Juan tem um foco importante no Poder Pessoal, já a tradição Maya Tolteca considera o Poder Pessoal uma consequência natural das praticas, mas não um objetivo em si a ser alcançado.

Algumas linhagens Toltecas, como algumas Budistas consideram a energia sexual algo “perigoso” onde devemos nos abster. Já em outras linhagens budistas como o Vajrayana onde entra o Tantrayana e linhagens Toltecas como os Cabelos Trançados, o uso da energia sexual é fundamental dentro de uma disciplina estrita para o desenvolvimento do corpo energético e da libertação e erradicação do ego e dos apegos.

Don Juan e seu companheiros não eram budas, mas sim algo como Rinpoches e Lamas. Dentro da Toltequidade o que poderíamos comparar com Budas são os Quetzacoatls. Na historia de Anahuac (Mexico-centro America) sabemos que existiram 4 Quetzacoatls, o ultimo mais conhecido, se chamava Se Akatl, que se queimou com o fogo Interior no mar de Coatzacoalcos no estado de Veracruz.

O que falta no Budismo ou no Nagualismo??
Diria que é discernimento, confiança e intento. Colapsar a mente, praticar e perseverar sem esforço. Praticar alem do resultado e da esperança.

O Budismo gera budistas e nao Budas. O Nagualismo gera Nagualistas e guerreristas, e nao Naguais.
Esse é um dos nossos maiores desafio como praticantes, ficar nos limbos da percepção dos ensinamentos e enrijecer em dogmas.
O pulo no abismo é isso, se libertar de tudo, inclusive do ensinamento.

Uma pergunta é quantos “iluminados”, “realizados”, uma linhagem gera a cada geração?

Se isto não é quantificável, o caminho onde vc esta é realmente um de liberdade total?”

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *