“Ao verificar a regra do nagual de três pontas, Don Juan deduziu que inevitavelmente se aproximava o tempo de uma nova classe de guerreiros, os quais ele chamou de videntes modernos.”
” Existe alguma peculiaridade na composição luminosa desses guerreiros?”
“Não. Em todas as épocas o padrão energético do homem tem sido muito homogêneo, assim que a organização do grupo nagual é a mesma. Contudo, os guerreiros atuais estão experimentando em sua luminosidade uma tendência para o verde, o que significa que estão recuperando características próprias dos antigos videntes. Isto é algo imprevisto, ainda que seguramente esteja previsto na regra.”
“A verdadeira diferença entre os videntes do passado e os de agora é de comportamento. Atualmente não estamos submetidos as mesmas repressões de épocas anteriores e, portanto, os bruxos tem menos restrições. Isto claramente tem uma finalidade: a divulgação do ensinamento.”
“A mim me tem tocado viver em um momento de renovação. Meu objetivo é fechar com chave de ouro a linhagem do nagual Juan Matus e abrir possibilidades a quem vem depois. Por isso disse que sou o último nagual de minha linhagem, não em um sentido absoluto, e sim em um sentido de mudança radical.”

(Encontros com o Nagual, Armando Torres)

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *