“Perguntei-lhe o que era uniformidade e coesão, e ele explicou que a forma energética do homem tem uniformidade no sentido de que todo ser humano na Terra tem a forma de uma bola ou um ovo. E o fato de a energia do homem se manter unida como uma bola ou um ovo prova que tem coesão. Ele disse que um exemplo de uma nova uniformidade e coesão era a forma energética dos antigos feiticeiros quando se tornaram como linhas, cada um deles uniformemente se tornou uma linha e coesivamente permaneceu uma linha. A uniformidade e a coesão no nível de linha permitiam que os antigos feiticeiros percebessem um novo mundo homogêneo.

(…)

Então eu perguntei se aqueles feiticeiros antigos poderiam ter voltado a terem a forma de ovos (luminosos). Ele respondeu que em um ponto eles poderiam ter, mas não o fizeram. E então a coesão da linha se estabeleceu e tornou impossível para eles voltarem. Ele acreditava que o que realmente cristalizava essa coesão de linha e os impedia de fazer a viagem de volta era uma questão de escolha e ganância. O escopo do que esses feiticeiros foram capazes de perceber e fazer como linhas de energia era astronomicamente maior do que o que um homem comum ou qualquer feiticeiro comum pode fazer ou perceber.”

(A Arte do Sonhar, Carlos Castañeda)

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *