,

O Duplo e a energia sexual

Então, deixe-me falar com você sobre o duplo.

O duplo é como é chamado em espanhol entre os povos nativos do México e América do Sul uma arte consumada xamânica, que permite que aos xamãs, curandeiros e feiticeiros realizar muitas façanhas aparentemente miraculosas. Tudo a respeito de bilocação, transformações, possessões, viagens a outros reinos de energia, ou trazer presentes e poderes energéticos dali, é conseguido através do duplo, que não é ainda uma visualização nem uma projeção, mas um afiado corpo energético incandescente de força de vida.
O desenvolvimento do corpo energético é a realização de todo o trabalho dos praticantes, e pode levar décadas para alguns conseguirem…

[…]

Qual a conexão entre esgotamento da energia sexual e doença?

– A energia sexual é uma das baterias do duplo. Este é uma cópia energética do nosso corpo físico. Ele transmite conhecimento como energia ao corpo físico e o dirige assim como você dirige o seu carro. Vazando ou perdendo esta energia faz o veículo não funcionar em sua potência máxima. Inclusive a má comunicação pode ocorrer, como duas pessoas tentando falar ao telefone sem linha suficiente entre elas. Ou, como máquinas de tortillas, o corpo energético fará uma quantidade que é capaz, mas se você precisa de vinte e puxa a tomada na décima, bem, você só terá dez..

– A energia sexual é criativa e é a fonte energética para o sonhar. O processo começa com a tarefa de sonhar o corpo. A cada noite durante o sono, o corpo energético passa por dois estágios. O primeiro é fazer reparos corporais. O corpo energético gasta pelo menos várias horas por noite dentro dos ossos, sangue, órgãos, pele, renovando o corpo físico. E gastará mais tempo se o corpo estiver doente. Parte do combustível para esse processo é nossa própria energia sexual, então se a pessoa precisa se curar, ervas que são tônicas e fortificantes para a energia sexual precisam ser usadas em conjunto com outros remédios. De outra forma, o corpo energético gastará toda a energia disponível fazendo os reparos, e ainda assim pode não ser suficiente, levando o corpo a um estado de fadiga e mal-estar.

[…]

– Todas as formas de energia trazidas pelo corpo energético duplo seriam concentradas internamente durante o sonhar e trazida até o corpo físico ao despertar. Esta energia pode então ser circulada e o corpo físico seria incrementado, para operar mais e mais sobre energia livre, sem usar suas reservas vitais.

(…)

– Seguido ao sono curador, o corpo energético tem a oportunidade de repor a si mesmo com reservas de energia externa, disponível para ele através da natureza como energia, mas que precisa ser pré-digerida, se quiser, pelo corpo energético a fim de fazê-la utilizável ao corpo físico. Para este propósito o corpo energético deixa o corpo físico a fim de nadar em outros reinos de energia externa. Sonhadores qualificados são bolhas amorfas quando deixam o corpo físico. Eles absorvem energia. Eles são sempre tímidos e não podem ficar muito tempo fora do corpo físico sem retornar. Eles não têm stamina e stamina é a regra. É a regra de sobrevivência. Quando você volta com a energia do sonhar, o corpo energético pula de volta ao corpo físico.

– Os praticantes não apenas buscam ampliar seu tempo de absorção para se tornarem mais eficientes e adaptáveis aos mais altos graus de energia livre, como também buscam afiar o corpo energético enquanto fora do corpo físico nessas explorações ampliadas. Isso começa sonhando todas as facetas do corpo físico enquanto dorme na posição e lugar real onde possa ser encontrado. O sonhador é o corpo energético. O sonhador busca sonhar para amadurecer o corpo inexperiente em alta energia que vê e se afasta do corpo físico dormindo. Ali não teria hesitação, cordão umbilical, nada. A única energia deixada no corpo físico seria para manter um batimento cardíaco lento e suave, e respiração lenta.

(A Serpente do Arco Íris Tolteca, Merilyn Tunneshende)
(Compartilhado por Lobita)

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *