o segredo da serpente emplumada armando torres

“- E o que é o ser paralelo? – perguntei-lhe.

– Esse ser é uma réplica espelhada de si mesmo; É uma contramedida de energia, porque absolutamente tudo o que existe vem em pares. E existe no mundo ao mesmo tempo. Se nosso ser paralelo morre, adoecemos repentinamente, sem explicação aparente, e também morremos.

“Os guerreiros que têm a sorte de encontrar o seu paralelo enquanto estão neste mundo, encontram a fonte da juventude, alegria e felicidade. Isso é assim, porque um completa o outro. No entanto, há pouquíssimos casos de guerreiros que conseguiram esse feito, como descrevi em O Segundo Círculo do Poder – um livro que nunca deveria ter sido lançado -. Dona Soledad foi uma dessas poucas a conseguir.

– Por que você diz que o livro não deveria ser lançado?

Ele tomou seu tempo para responder. Alisou o cabelo para trás e, ao fazê-lo, pude ver uma área de calvície na frente, a qual ocultava com êxito ao pentear o cabelo para frente. Aparentemente, ele não gostou muito de falar sobre este assunto; No entanto, ele respondeu:

– Naquela época, eu tinha entregue ao meu editor em Nova York uma obra que tinha acabado de concluir, mas Dona Florinda, ao tomar conhecimento do conteúdo, disse-me que as pessoas não estavam prontas para tais revelações, e me fez correr de volta ao editor para recuperar o manuscrito, que já estava em processo de impressão. Foi uma odisséia convencê-lo a não publicar esse livro; Eu tive que prometer que, em quatro semanas, traria um novo livro. Foi assim que surgiu o Segundo Círculo.

Minha curiosidade subiu ao limite:

– E qual foi o livro que Dona Florinda te impediu de publicar? – perguntei ansiosamente.

Eu pensei que ele não iria me responder mas, para minha surpresa, comentou:

– Seu conteúdo era sobre o mundo dos sonhos e sobre nossa relação com seres inorgânicos e voladores. Por essa razão, um dos títulos propostos foi Vendo Através do Olho do Predador.

“O fato é que a substituição de ambos os livros nunca acabou me agradando, porque segundo o acordo que eu tinha com Don Juan, eu não deveria escrever sobre os outros aprendizes. Mais do que isso, me arrependo de ter publicado O Segundo Círculo.”

Assegurei-lhe que adorava o livro e que, na minha humilde opinião, eramos sortudos de ter um material tão valioso, pois nos permitia entender melhor a vida e os modos dos aprendizes de brujos.

Ele ergueu os ombros como que dizendo, e de que importa isso?”

(O Segredo da Serpente Emplumada, Armando Torres)

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *