, ,

O que está sendo conduzido ao nagual?

"De modo geral, pois, o trabalho de Genaro tem sido conduzi-lo ao nagual. Mas aqui temos uma pergunta estranha. O que estava sendo conduzido ao nagual? Com um movimento dos olhos, ele quis que eu respondesse à pergunta. — Minha razão?…
, , ,

Deixando as fibras guiarem a percepção do nagual

"Dom Juan pegou-me pelo braço e, brincando, levou-me para onde Dom Genaro se encontrava sentado, Dom Genaro levantando-se aproximou-se de mim. O corpo dele irradiava, além de calor, um brilho que me ofuscava. Veio para o meu lado e, sem me…
, ,

Poder pessoal é permitir que o nagual apareça para reforçar o tonal

(Dom Juan perguntou-me se eu sentia o que meu nagual tinha feito.) Tinha uma sensação de tonteira, quase de indiferença, como se eu realmente não me importasse com coisa alguma. Aí essa sensação passou a ser a de uma concentração…
, , ,

Vendo a forma luminosa das pessoas

"— Você se está mimando exageradamente — disse ele com secura. Pareceu absorver-se em seus pensamentos, como se estivesse procurando uma sugestão adequada para fazer. — O problema de hoje é ver as pessoas — disse ele, por fim. —…
, ,

É tarde demais para desistir e declarar uma falsa derrota ou vitória: a única escolha de um guerreiro é uma vida impecável

"— É verdade. Sempre se pode fracassar. Mas creio que você se refere a outra coisa. Você quer encontrar uma saída. Quer ter a liberdade de fracassar e desistir nos seus próprios termos. É tarde para isso. Um guerreiro está nas mãos…
, , ,

Oito pontos da totalidade de um ser luminoso

"- Dom Genaro me fez saltar até o ressalto da rocha? - Não interprete esse salto no sentido em que você entende esse salto - disse dom Juan Matus. - Mais uma vez, isso é apenas uma maneira de falar. Enquanto você se considerar que é um…
, ,

O mistério do sonhador e do objeto dos sonhos

"- Não ha defeito na conduta ao modo do guerreiro. Siga-a e seus atos não poderão ser contestados por ninguém. Veja ontem, como exemplo, O modo do guerreiro teria sido, primeiro, fazer perguntas sem medo nem desconfianças, e depois deixar…
, ,

Ninguém cria um duplo: nós todos, seres luminosos, somos um duplo

"- O que há comigo, dom Juan?- perguntei. Para me acalmar, comecei a falar do meu dilema. Eu achava que já era tarde demais para fingir ser apenas um espectador inocente. Sob orientação dele, eu me treinara para conseguir algumas percepções…
, , , ,

Libertando os olhos da intenção do tonal

"Quando se lida com o nagual, nunca se deve olhar para ele diretamente. Você hoje esteve olhando atentamente para ele, por isso foi abatido. O único meio de olhar para o nagual é como se fosse uma coisa normal. É preciso piscar para poder…
, ,

O Tonal Perfeito

"— Nunca fiz restrições às conversa — disse ele. — Podemos falar sobre o nagual o quanto quiser, contanto que não tente explicá-lo. Se você se recorda, eu disse que o nagual é só para ser presenciado. Assim, podemos conversar…
, ,

A autoconfiança do guerreiro é ser impecável aos seus próprios olhos

" — Genaro é estupendo — disse ele. — Mas por enquanto não adianta de nada falar sobre ele nem sobre o que ocorre entre vocês. Você ainda não tem poder pessoal suficiente para deslindar esse assunto. Espere até consegui-lo, e então…
, ,

A explicação sobre o tonal e o nagual

"— Ainda estou de terno porque quero dizer-lhe uma coisa muito importante — disse ele, dando-me um tapinha no ombro. — Você ontem teve uma boa atuação. Agora é o momento de chegar a uns acordos finais. Fez uma pausa prolongada. Parecia…
, ,

O crepúsculo é a fresta entre os mundos

"- O crepúsculo é a fresta entre os mundos – disse Don Juan. – É a porta para o desconhecido." (Porta para o Infinito, Carlos Castañeda)
, , , , ,

A parte final da Explicação dos Feiticeiros: o tonal indescritível

"- Fazer a razão sentir-se segura é sempre a tarefa do mestre – disse ele. – Ludibriei sua razão fazendo-a crer que o tonal era responsável e previsível. Genaro e eu nos temos esforçado para lhe dar a impressão de que somente o nagual…
, , ,

A alegria de um guerreiro vem de ter aceitado seu destino

"- Estamos todos sozinhos, Carlitos – disse Dom Genaro baixinho. – É o nosso estado. Senti em minha garganta a angústia de minha paixão pela vida e por aqueles que me eram caros; recusava-me a despedir-me deles. - Estamos sós –…