, , ,

Vendo a forma luminosa das pessoas

"— Você se está mimando exageradamente — disse ele com secura. Pareceu absorver-se em seus pensamentos, como se estivesse procurando uma sugestão adequada para fazer. — O problema de hoje é ver as pessoas — disse ele, por fim. —…
, ,

Crer sem Crer: fazendo o inventário das nossas crenças

"Aceitei o exercício porque me pareceu inofensivo. Durante um par de semanas me dediquei a classificar tudo aquilo como o que eu me sentia mentalmente identificado. Esperava que o meu inventário fosse simples e claro, mas logo me surpreendeu…
o segredo da serpente emplumada armando torres
, ,

Castañeda fala sobre a Roda do Tempo

"Em uma ocasião, disse a Carlos que tinha feito uma excursão até a área do Bagón de Mapimí, para um lugar conhecido como "La Zona del Silencio", no norte do México. Ele respondeu que já havia estado lá. Acrescentou que, a razão pela…
, , ,

A prática da Loucura controlada pelo nagual Julian – a ponte entre a loucura das pessoas e os comandos da Águia

"Eu tinha compreendido mal o que os guerreiros de Dom Juan tinham feito comigo em nossos primeiros encontros. Tomei as atitudes deles como atos de trapaça - e essa ainda seria minha impressão hoje se não fosse a idéia da loucura controlada. Dom…
, ,

A cúpula (ou cemitério) dos naguais

"Porém, como muitos grupos não conseguem chegar à sua plenitude energética os naguais construíram um oásis habitável dentro da segunda atenção, um enorme edifício de intento em algum ponto afastado do ensonho, para onde vão os videntes…
, ,

A estupidez, o lado sombrio dos seres humanos, e o apego pelos rituais

"Don Juan explicou que seu benfeitor, como o nagual Elias, era bem mais dado a rituais do que ele próprio, portanto, preferiam a parafernália tal como velas, aposentos escuros e mesas negras. Casualmente comentei que eu também era terrivelmente…
,

Introdução de Uma Estranha Realidade – O primeiro encontro entre Castañeda e dom Juan Matus

"Há dez anos, tive a felicidade de conhecer um índio yaqui do Noroeste do México. Eu o chamo "Dom Juan". Em espanhol, don é um título usado para demonstrar respeito. Conheci Dom Juan por um acaso total. Estava sentado com Bill, um amigo…
, ,

É tarde demais para desistir e declarar uma falsa derrota ou vitória: a única escolha de um guerreiro é uma vida impecável

"— É verdade. Sempre se pode fracassar. Mas creio que você se refere a outra coisa. Você quer encontrar uma saída. Quer ter a liberdade de fracassar e desistir nos seus próprios termos. É tarde para isso. Um guerreiro está nas mãos…
o segredo da serpente emplumada armando torres
, , , , ,

Castañeda fala sobre o fato de sermos Unidades seladas de Energia e sobre a forma como os Voladores consomem a energia humana

Unidades de energia seladas Em outra de suas palestras, falando sobre o ovo luminoso, Carlos afirmou que somos todos unidades seladas de energia. Mas, anteriormente, ele próprio dissera algo que parecia contradizer essa afirmação: que a…
o segredo da serpente emplumada armando torres
, ,

O plano do nagual Carlos

"Em um dos últimos encontros que tive com ele, Carlos me confidenciou que se sentia um pouco doente. Em tom de brincadeira, disse que ainda estava esperando a poção que eu tinha ido buscar para ele anos atrás. Nós dois rimos bem-humorados,…
, , ,

Os pequenos tiranos e a estratégia do guerreiro – a história de dom Juan na fazenda escravagista

"Em nossos tempos, infelizmente, os videntes têm de ir a extremos para encontrar um pequeno tirano de qualidade. Na maior parte do tempo, devem satisfazer-se com um muito ordinário." — E chegou a encontrar um pequeno tirano, Dom Juan? —…
o segredo da serpente emplumada armando torres
, , ,

As explicações de dona Lucrécia sobre o mundo dos mortos

"Dona Lucrecia tinha a aparência da bruxa clássica; seu rosto era temível, além dos olhos vesgos, ela tinha uma ruga no nariz e os dentes estavam faltando. Os companheiros já tinham me avisado sobre ela, diziam que estava louca e que era…
o segredo da serpente emplumada armando torres
, ,

O regulamento segundo a linhagem dos ticis

"A linhagem dos Ticis Havia na parede do quarto de cura da casa de dona Silvia uma moldura com a imagem da coluna vertebral, na qual se podia apreciar as descrições anatômicas conhecidas. Além disso, ao lado de cada vértebra estava escrita…
, ,

Minha religião é o universo

"Soneto 7 Nagualismo? Não importa o que isso seja! Minha religião é o universo... Fluxo turbilhonante aonde adeja A força clara e rútila do verso. Chego a pensar que seja um pluriverso Que ruge e ri, se harmoniza e troveja. Está…
o segredo da serpente emplumada armando torres
,

Castañeda fala sobre seu arrependimento em publicar O Segundo Círculo, e sobre o livro que nunca foi lançado

"- E o que é o ser paralelo? - perguntei-lhe. - Esse ser é uma réplica espelhada de si mesmo; É uma contramedida de energia, porque absolutamente tudo o que existe vem em pares. E existe no mundo ao mesmo tempo. Se nosso ser paralelo morre,…