, , ,

Um nagual é vazio e seu vazio reflete o Infinito

““Um nagual é vazio. Esse vazio não reflete o mundo, reflete o infinito.

Um nagual não tem impetuosidades de sua parte ou auto-afirmações a fazer. Não há a mínima necessidade de ter queixas ou remorsos. Seu vazio é o vazio de um guerreiro viajante, temperado ao ponto de não dar nada como garantido.

Um guerreiro viajante que não subestima ou superestima nada.

Um lutador bastante disciplinado cuja elegância é tão extrema que ninguém, por mais que tente olhar, encontrará a costura onde toda essa complexidade se uniu.”

(O Lado Ativo do Infinito, Carlos Castañeda)

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *